bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

Monlevadense percorre 700 quilômetros para conhecer o pai

Um forte e longo abraço pôs fim à procura de um filho pelo pai. A cena é a realização do sonho da vida de Mateus Pereira do Carmo, de 26 anos. 

O jovem morador de João Monlevade viajou por 13 horas e percorreu 700 quilômetros até Santos, onde finalmente viu pela primeira vez Sidney Ferreira do Carmo, que saiu de casa quando ele era um bebê de três meses.


O encontro com o filho, que ocorreu na semana passada, também marcou um novo ciclo na vida de Sidney, de 44 anos, que passou os últimos oito anos perambulando por Santos como morador de rua.
Fazendo bicos e passando por várias cidades, o vício do álcool entrou para sua vida. “Eu acordava pela manhã e pegava um litro de bebida, que terminava perto da hora do almoço, quando eu batia na casa das pessoas para pedir comida e, depois, voltava a beber”, lembra ele.

O consumo excessivo de álcool fez com que Sidney ficasse debilitado e tivesse lapsos de memória. Como boa parte das pessoas em situação de rua, há mais de um ano, ele recusava ajuda e não aceitava as abordagens dos funcionários da Secretaria Municipal de Assistência Social (Seas) de Santos.

Mas há três meses, por estar com o físico mais fragilizado, ele baixou a guarda e passou a conversar com os assistentes sociais. Aos poucos, com algumas informações recuperadas sobre familiares e lugares por onde tinha passado, os agentes conseguiram descobrir a identidade dele e localizar os parentes.

Há 20 dias, ele concordou em receber cuidados médicos e ficou internado no Polo de Atenção Intensiva em Saúde Mental (PAI), do Hospital Guilherme Álvaro, de onde teve alta médica poucas horas antes de conhecer o filho.

Alívio
Depois do abraço apertado em Sidney, Mateus ficou mais sereno e um sorriso tomou conta de seu rosto. “É muita felicidade. Agora, não volto para casa sem ele. De jeito nenhum”, sentenciou.
 “Daqui para frente, eu quero ser mais forte, trabalhador e ficar perto da família”, afirma ele, que voltou para João Monlevade junto com o filho. (Publicado pelo jornal A Tribuna, de Santos).
Irandy Ribas/A Tribuna


Mateus Pereira resgatou o pai das ruas de Santos

No Response to "Monlevadense percorre 700 quilômetros para conhecer o pai"

Powered by Blogger