bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

Planos de saúde serão cobrados para ajudar a desafogar atendimentos no Hospital Margarida

Por Kátia Passos -  Os 28 planos de saúde conveniados ao Hospital Margarida serão cobrados pela Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de João Monlevade a ajudar nos atendimentos médicos da unidade de saúde. Desde a unificação dos serviços de urgência e emergência no município entre o Pronto Atendimento e o hospital, o Margarida tem ficado superlotado.

O hospital tornou-se a única porta de entrada para as urgências na cidade, além de agregar atendimento de municípios vizinhos. A ‘intimação’ dos planos de saúde foi sugerida pelo vereador Belmar Diniz (PT), durante reunião semanal da Casa Legislativa, anteontem (13). “Eles [planos de saúde] não estão dando suporte ao paciente. Estão omissos e cômodos”, pontuou Belmar ao lembrar que os doentes, tanto os que recebem atendimento pelo SUS, quanto os que pagam pela consulta, precisam aguardar horas pelos médicos. “Vamos fazer uma proposta aos planos para que contratem médicos, atendentes e uma pessoa para fazer o acolhimento do paciente. Isso desafogaria o atendimento do SUS e seria um reforço para ajudar a população”, sugeriu.

O vereador comentou também que em média são realizados 300 atendimentos a cada 24 horas no Hospital Margarida. Uma média de 13 atendimentos por hora. O peemedebista, Fabrício Lopes, endossou o discurso de Belmar. “O Hospital Margarida possui quatro convênios substanciais e é hora de cobrarmos atitude deles. O povo está sofrendo e devemos nos colocar no lugar do povo. O Hospital Margarida não aguenta mais do jeito que está”. Guilherme Nasser também (PSDB) também comentou o assunto e enfatizou que a questão dos planos de saúde é séria. “Não estamos defendemos quem tem o plano ou não.

Queremos é garantir o atendimento a todos. Os planos precisam de um ambulatório para os conveniados para abrir espaço aos atendimentos do SUS. O que não dá é para ficar como está”, disse.

Hospital e Prefeitura se manifestam

Procurada, a secretária de Saúde, Andréa Peixoto, por meio da Assessoria de Comunicação da Prefeitura comentou o assunto. Segundo ela, “a Secretaria de Saúde está acompanhando, diariamente, os atendimentos realizados no pronto socorro do Hospital Margarida e está ciente da demanda. Vale ressaltar que todos os pacientes estão sendo atendidos, apesar dos períodos de espera, que ocorrem não somente em Monlevade, mas também nas casas de saúde em todo o país.

O assunto já está sendo discutido junto à nova diretoria para que sejam tomadas as devidas providencias”. Já o Hospital Margarida acredita que o problema será solucionado em breve. “O Hospital, as prefeituras e os planos de saúde estão conversando entre si e acredita-se por parte da provedoria do hospital, que em breve será alcançado o objetivo uma vez que está contanto com a boa vontade das partes envolvidas”.

1 Response to "Planos de saúde serão cobrados para ajudar a desafogar atendimentos no Hospital Margarida"

Nilson Souza disse...

É SÓ COLOCAR O P.A PRA FUNCIONAR,A CULPA É DOS ADMINISTRADORES,É UMA VERGONHA, SÓ QUEREM ENCHER OS BOLSOS>>>>>

Powered by Blogger