bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

Posto de identificação e aumento da violência são discutidos em reunião entre presidente da Câmara e delegado

O presidente da câmara de João Monlevade, Djalma Bastos (PSD), se reuniu com o delegado chefe da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil, Bernardo de Barros Machado, no último dia 28, para discutir alguns projetos em parceria com a instituição. Dentre estes projetos está a instalação de um posto de emissão de carteiras de identidade no Legislativo monlevadense. Contudo, outro assunto foi pauta do encontro e que vem preocupando os vereadores: o aumento dos casos de roubos e furtos registrados no município.

Conforme esclarecido por Bernardo, a Polícia Civil já identificou que a maior parte dos furtos e roubos é praticada por menores, que muitas vezes são reincidentes. “Esbarramos sempre na mesma dificuldade, que é a de encontrar vagas em centros de internação para menores”, explicou o delegado. Bernardo ainda destacou que as vagas são destinadas em sua maioria para menores autores de homicídio, latrocínio e estupro, considerados casos mais graves. “Estamos no encalço desses menores. Identificamos alguns deles e queremos sempre dar uma resposta rápida para a sociedade. Os trabalhos das polícias esbarram nesta questão, mas jamais vamos desanimar”, destacou o delegado. Djalma Bastos colocou a Câmara mais uma vez, à disposição, para auxiliar no que for preciso.

  Posto de identificação

Sobre a instalação do posto de identificação na Câmara Municipal, Djalma Bastos esclareceu que o convênio entre as instituições foi assinado. “Será mais uma porta de atendimento ao cidadão. O posto que funciona na delegacia não fechará”, destacou. Ainda segundo Djalma, a servidora da Câmara, Tarsila de Figueiredo Diniz Bitencourt, já passou por treinamento específico em Belo Horizonte e está habilitada para este serviço. “Toda a documentação para que a licitação de compra dos equipamentos para este serviço vem sendo elaborada. O posto começará a funcionar ainda este ano. É um privilégio para a Câmara poder contribuir com um serviço tão necessário à população”, afirmou o presidente do Legislativo.

No Response to "Posto de identificação e aumento da violência são discutidos em reunião entre presidente da Câmara e delegado"

Powered by Blogger