bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

8º Seminário Maria da Penha é marcado por rico debate sobre a violência contra a mulher


Na noite de ontem, dia 8, a Câmara Municipal realizou o 8º Seminário Maria da Penha da Mulher Monlevadense. O evento integra as atividades da Semana da Mulher, de iniciativa do Legislativo, e com parceria de diversas entidades.

O presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD), conduziu os trabalhos junto à delegada de Mulheres, Monique Morais Bicalho; à defensora pública Renata Martins de Souza e à presidente da 75ª Subseção da OAB Monlevade, Larissa de Oliveira Santiago Araújo. Os vereadores Carlos Gomes (PSB), Guilherme Nasser e Sinval Dias (ambos do PSDB) também marcaram presença. A mediadora do debate foi a advogada Andréa Dornas.

Durante o encontro, que contou com a presença de representantes de entidades e associações voltadas às mulheres, foi ressaltada a importância da Lei Maria da Penha, que este ano completa 10 anos. “Muitos homens ainda questionam o motivo de ter lei exclusiva para as mulheres. O histórico de luta pela igualdade de direitos e os casos de violência contra as mulheres respondem a este questionamento”, disse Andréa.

Já Monique Bicalho destacou as medidas protetivas a favor da mulher vítima de violência. “Não se pode ter medo de denunciar. Existem ações que são tomadas pela Justiça para a segurança das mulheres. Mas para que elas entrem em vigor, tem que se iniciar o processo, que é a denúncia”, destacou a delegada.

A presidente da OAB em João Monlevade também destacou pontos da Justiça. Conforme esclarecido por Larissa, na Constituição Brasileira é ressaltado que homens e mulheres são iguais perante a Justiça. “Contudo, sabemos que não é isso que ocorre na prática. A luta é diária, constante. Hoje, a mulher já ocupa cargos superiores, mas o reconhecimento ainda não é o mesmo em alguns casos”, afirmou.

Casa de apoio às vítimas de violência

A instalação no município de uma casa de apoio às mulheres vítimas de violência foi destacada pela defensora pública, Renata Souza. Segundo ela, apesar de trabalhar com muitos casos de violência à mulher, o número de denúncias pode ser ainda maior. “Infelizmente, em muitas situações, a vítima depende financeiramente do autor da agressão. Por isso tem medo de denunciar e voltar a conviver com o companheiro.


Dessa forma, uma casa de apoio em João Monlevade seria de grande valia”, declarou Renata. A defensora ainda citou como exemplo o projeto que existe em Belo Horizonte. Na casa de apoio, a vítima é acolhida e no local aprende algum tipo de ofício para que possa ser independente financeiramente.

Para Djalma Bastos, a realização das atividades na Semana da Mulher demonstra o compromisso da Câmara de João Monlevade em não apenas reconhecer a importância das mulheres, mas também discutir e buscar ações para valorizá-las. “Os trabalhos desta noite foram brilhantemente conduzidos pelas senhoras presentes. Buscar melhorias em conjunto e pautar importantes assuntos voltados ao público feminino é uma forma de valorizá-las. E a Câmara se orgulha de promover isso”, disse Djalma.

Próximas atividades

Hoje, dia 9, será entregue o diploma “Mulher Construtora de Democracia” a três mulheres de destaque na comunidade monlevadense. Serão agraciadas com a honraria Ana Maria Santiago, Maria Mazarelo Pereira Natali e Maria Rita Pacheco Nunes.

A homenagem será entregue durante a reunião ordinária. No dia 11, sexta-feira, serão realizadas atividades internas para as servidoras da Câmara. A programação da Semana da Mulher será encerrada no domingo, dia 13, com a 23ª Corrida da Mulher e 9ª Milha da Mulher Monlevadense. A largada será às 8h, em frente à sede do Legislativo, no bairro JK. As inscrições podem ser feitas até amanhã, dia10, na Secretaria de Esportes, que fica na avenida Getúlio Vargas, nº 4.798, 3º andar. Mais informações pelo telefone 3851-4510.

A Semana da Mulher é uma realização da Câmara Municipal em parceria com a Prefeitura Municipal, Secretaria de Assistência Social (

No Response to "8º Seminário Maria da Penha é marcado por rico debate sobre a violência contra a mulher"

Powered by Blogger