bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

Projeto que altera Regimento Interno causa polêmica durante reunião da Câmara


A votação do projeto de resolução que prevê alterações no Regimento Interno da Câmara de Vereadores de João Monlevade é aguardada para votação desde o final do ano passado e a expectativa é de que a matéria fosse incluída na pauta de votação da reunião de ontem (17), o que não aconteceu.

O fato foi motivo de desentendimentos entre o vereador do PV, Carlos Roberto Lopes (pastor Carlinhos), um dos membros da Comissão que analisa as mudanças do Regimento Interno, e o presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD).

Pastor Carlinhos não concordou com o fato do projeto não ser votado durante a reunião e pediu a sua inclusão em pauta. Ele alegou que não havia motivos para que a proposta não fosse votada, além que a matéria ficou por mais de um ano sob avaliação de uma comissão específica. Justificando a não entrada do projeto em pauta, o presidente da Casa, Djalma Bastos (PSD), afirmou que por se tratar de um projeto complexo, ele não poderia ser votado “a toque de caixa”.

Os demais vereadores endossaram o discurso do presidente pedindo cautela na votação. Mesmo assim, pastor Carlinhos não concordou e seguiu com pedido para que fosse apresentado documento formal com justificativas que impediam a votação da matéria. A reunião chegou a ser interrompida para que o procurador jurídico, Alexandro Pastorini, explicasse que o projeto não poderia ir a plenário porque no dia anterior foram apresentadas oito novas emendas que precisam ser analisadas e votadas.

Especulações

 O pastor não falou, mas nos bastidores é comentado que a urgência pleiteada por ele na votação do projeto deve-se ao fato dele deixar a Câmara nas próximas semanas. Isso porque o vereador licenciado e atual secretário de Obras, Fabrício Lopes, volta a ocupar o seu lugar no Legislativo.

Outro ponto que estaria adiando a votação do projeto que prevê mudanças no Regimento Interno é o fato de que como neste ano ocorrem as eleições municipais e algumas mudanças não seriam bem vistas. Entre alguns dos pontos revisados da o horário de funcionamento em meio expediente da Câmara. Outra questão é o uso da tribuna, que seria limitada ao uso a uma vez ao mês por entidade. A discussão promete pano para manga e, ainda não deve ser incluída na pauta de votação na semana que vem.

No Response to "Projeto que altera Regimento Interno causa polêmica durante reunião da Câmara"

Powered by Blogger