bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

Índice de crimes praticados por menores caem em João Monlevade depois que quatro foram internados


Depois do empenho conjunto das polícias, Militar e Civil, Ministério Público (MP) e Poder Judiciário (PJJM), de João Monlevade, a cidade viveu na última semana um período sem registros de ocorrências de furtos e roubos envolvendo, principalmente, menores de idade.

Tudo indica que essa queda significativa de registros de atos infracionais praticados por adolescentes tenha sido em função das apreensões seguidas de internações em centros de ressocilizações para menores infratores, que ocorreram desde o início do mês onde quatro deles foram acautelados, por no mínimo 45 dias a pedido da Justiça.

Dois deles suspeitos de assassinarem o comerciante Inácio Alves Viana, 57, estão em um centro especializado para menores em Ipatinga, outro suspeito de cometer vários roubos na cidade está acautelado em um centro em Sete Lagoas e outro em Ribeirão das Neves. Pelos menos mais três Mandados de Busca e Apreensão devem ser emitidos em breve, assim que as vagas forem surgindo, segundo o Major Jayme Alves, comandante da 17ª Companhia de Polícia Militar Independente.

Os casos estão sendo investigados pela Delegada Monique de Morais Bicalho, da Delegacia de Menores, da Polícia Civil, (foto) que é a responsável pela emissão dos pedidos à Justiça de internação dos infratores.

Segundo Jayme Alves a soma de esforços das instituições policiais tem sido um fator primordial para que esses menores internados. “Não tenho dúvidas disso, que as instituições andando juntas, Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério Público e Poder Judiciário, estão sendo possível buscarmos respostas que precisávamos passar para a comunidade. O número de crimes realmente diminuiu bastante. Já estamos com alguns menores acautelados, outros procedimentos estão sendo encerrados. A equipe da Polícia Civil está muito imbuída em concluir alguns expedientes que se relacionam também a menores e certamente o MP e o PJJM deve se manifestar nos próximos dias para que outros sejam acautelados. Não que seja a solução para todos os crimes praticados em João Monlevade, mas não temos dúvidas de que os menores realmente vinham repetidas vezes praticando os roubos e o clima começa a melhorar. Estamos empenhados, todas as instituições, sem vaidades e sem bandeiras estamos unidos para o bem da comunidade”, pontuou o major.

Ainda segundo o oficial a dificuldade em se conseguir vagas para internação dos menores ainda é muito grande. “O jovem infrator está muito mal orientado imagina que com 17 anos e 11 meses ele vai praticar um crime e ao completar 18 anos, encerrou sua vida de menor. Meu amigo você está muito enganado. Você pode ficar acautelado até os seus 21 anos e pode responder por três anos, de acordo com o crime violento que venha praticar. Estamos indo pra cima, menores maiores, e este é o objetivo”, alertou o comandante.

Além das apreensões envolvendo os menores, a Polícia Militar vem adotando outras medidas para conter a criminalidade no Município. “Conversamos com a nossa tropa, os policiais militares, muitos me procuraram para se colocarem à disposição mesmo estando de férias, alguns retornaram antes da hora, depois serão recompensados, alguns de folga também se disponibilizaram prontos para ajudar e houve um esforço. A comunidade tem visto muito mais policias nas ruas. A nossa administração está fazendo meio expediente e nas outras horas complementando o policiamento a pé. Estamos dando início à Operação Natalina, para evitar os pequenos crimes, a Polícia Civil tem feito abordagens nas ruas também. Outro dia mesmo eles abordaram um suspeito próximo ao Banco do Brasil. Então estamos juntos para dar mais segurança ao povo monlevadense”, concluiu Jayme Alves.

No Response to "Índice de crimes praticados por menores caem em João Monlevade depois que quatro foram internados"

Powered by Blogger