bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

Comerciante é morto durante assalto em Carnerinhos

Essa teria sido a segunda vez, em pouco mais de um mês, que o comerciante foi vítima de assalto. Um dos menores possui mais de 10 passagens pela polícia  (Matéria atualizada)


Um comerciante foi morto durante um assalto por volta das 12h45 desta terça-feira (3), dentro da loja dele, “Relojoaria e Ótica Pontual”, que fica na Avenida Getúlio Vargas, em Carnerinnhos, a cerca de 150 da sede do 1º Pelotão Especial da Polícia Militar, que fica na Praça Sete.


O comerciante Inácio Alves Viana, 57, foi surpreendido pelos dois assaltantes, que chegaram ao local usando capacetes de motociclistas e anunciaram o assalto. Um deles portava uma arma de fogo calibre 22.

Durante a ação a vítima teria reagido e entrado em luta corporal com os criminosos, momento que o autor, de 16 anos, efetuou um disparo que atingiu a cabeça da vítima.


O comerciante não resistiu ao ferimento e morreu no local. Várias vitrines foram quebradas pelos criminosos durante o roubo, e após a ação eles fugiram pela Rua Ricardo Leite, levando algumas jóias, e montaram em uma moto, que eles haviam deixado no local para fuga.


A Polícia Militar foi acionada e chegou rapidamente ao local e durante o registro da ocorrência, verificaram imagens do circuito de vigilância eletrônica de estabelecimentos comerciais próximos, que flagraram a ação dos marginais. Em uma delas, um dos segue até o meio da avenida e depois, retorna ao estabelecimento. Ele portava uma arma de fogo em uma das mãos.


Segundo a polícia logo após o crime várias ligações, via 190, davam conta de que os autores eram moradores do Bairro São João, já conhecidos do meio policial pela prática de furtos e roubos, no centro comercial da cidade. Militares foram para o bairro e em uma escada de acesso, pela Rua Floresta eles encontravam diversas manchas de sangue que seguiam em direção ao interior do São João.


A Polícia Militar fez contato com o Hospital Margarida, a fim de colher informações se havia dado entrada naquele Pronto Socorro algum indivíduo ferido, aparentemente com um corte. Alguns minutos depois, a unidade de saúde informou que um menor de 15 anos havia acabado de dar entrada cortes no pé.



Os militares foram ao hospital e encontraram o menor com cortes no pé direito. Ao mesmo tempo, chegavam informações de que outro suspeito, de 16 anos, havia abandonado uma motocicleta Honda/Titan de cor cinza, placa HFI-3286, em um beco próximo a Rua Jatobá.


A polícia foi ao local e foram recebidos pela mãe do menor. Enquanto eles conversavam, o menor tentou evadir pelos fundos da casa, vindo a pular pelo telhado, momento em que sofreu uma queda e foi abordado pelos militares. Dois capacetes de motociclistas, que estavam na casa deles, e a moto foram apreendidos pela polícia. O veículo também apresentava diversos vestígios de sangue no banco e na pedaleira do carona, do lado direito.

Quando os militares verificaram as imagens constatou que os dois menores apreendidos eram os mesmos que foram flagrados pelas câmeras. Segundo a polícia, as filmagens foram apresentadas para as mães dos menores, que prontamente reconheceram seus filhos os quais se encontravam nas imagens.


O menor de 16 anos afirmou para a polícia, que a moto apreendida foi a que eles usaram na fuga após dispararem contra a vítima.

Segundo relatos do infrator de 15 anos a vítima reagiu, no momento em que eles anunciaram o assalto, tentado acertá-lo com um banco de madeira na cabeça. O comparsa dele de 16 anos, que estava próximo da porta da loja, efetuou o disparou contra a vítima, vindo a acertá-la na cabeça.

O infrator de 16 anos era também, quem pilotava a moto.


Após o crime ele teria passado a arma para o menor de 15 anos, e próximo da escada do bairro São João, eles dispensaram a arma em meio a um matagal. Foi realizada uma busca pelo local, porém ela não foi encontrada. A polícia também não recuperou nenhum dos objetos roubados da loja.

 De acordo com a polícia, o menor de 16 anos, que efetuou o disparo que tirou a vida do comerciante, tem mais de 10 passagens por crimes como frutos e roubos na cidade.


Segundo o major Jayme Alves, comandante da 17ª Companhia de Polícia Militar Independente, encaminhou á Justiça um pedido de internação dos menores. “Já fizemos contato com o Ministério Público, que se dispôs a buscar no estado, uma vaga em uma clínica de reabilitação para internação dos infratores”, disse o oficial.

O crime causou revolta em familiares da vítima e na população que acompanhou a ocorrência em frente ao local onde ocorreu o crime. Eles pediam por Justiça.

Segundo a polícia, na delegacia os menores também confessaram o crime sem demonstrarem arrependimento.

A perita Margarete Leão da Polícia Civil compareceu ao local e após os trabalhos liberou o corpo da vítima que foi encaminhado para o necrotério do Cemitério do Bairro Baú.

  Comerciante foi vítima de outros roubos 

 Segundo a polícia, o comerciante Inácio Alves já teria sido vítima de assalto a pouco mais de um mês. Na ocasião ele teria percebido que a arma dos marginais era falsa e reagiu, e os autores fugiram sem levar nada.

Investigadores da Polícia Civil de João Monlevade, compareceram ao local do crime e deram início às investigações para saber se os autores do crime anterior, são os mesmos que cometeram o latrocínio (roubo seguido de morte) desta terça-feira.

2 Response to "Comerciante é morto durante assalto em Carnerinhos"

Unknown disse...

Ciclo de uma crise, pobreza, crimes e cadeia.
Nossa, estamos no Brasil. Meus sentimentos aos familiares.

VL NUNES disse...

O que dói é saber que nada acontecerá a estes marginais, pois o estatuto da criança e adolescente que protege as crianças carentes e vítimas de maus tratos, também é usado para a proteção destes marginais deixando a polícia de mãos atadas. Temos ótimos policiais (civis e militares) e que com certeza ficam desapontados coma (in)justiça brasileira que soltam estes bandidos com tanta rapidez. É de revoltar qualquer um.

Powered by Blogger