bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

Comissão apresenta o projeto de monitoramento por câmeras “Monlevade Viva”

Ao todo serão instaladas 41 câmeras

Uma reunião que dá prosseguimento a análise de estudos sobre o sistema de vídeomonitoramento que será instalado, a princípio, na área central de João Monlevade ocorreu na manhã desta terça-feira (27), na sede da 17ª Companhia de Polícia Militar Independente. O objetivo do projeto, batizado como “Monlevade Viva”, é contribuir com a segurança da comunidade por meio de instalação de sistema em pontos estratégicos do perímetro urbano, buscando uma melhoria na qualidade de vida do cidadão, garantindo segurança a sociedade.

Com a implantação do sistema na área central da cidade, a Polícia Militar poderá direcionar viaturas e policiais para outras regiões da cidade.

Além do capitão Márcio Conrado, subcomandante da Polícia Militar na cidade, participaram os vereadores Guilherme Nasser (PSDB) e Geraldo Camilo Leles Pontes (PRB), o chefe da Divisão de Tecnologia e Informação da Prefeitura de João Monlevade, Maycon Costa, a soldado Bruna Crhistian e mais oito comerciantes que fazem parte da comissão montada para dar sequência à implantação do sistema.

O projeto foi elaborado obedecendo critérios estabelecidos pela Polícia Militar, que mapeou as regiões de maior incidência de crimes como homicídios, furtos, roubos, lesões corporais, infrações de trânsito, dentre outros. A medida faz parte do reforço da segurança do município que tem registrado diversas situações de violência, em um curto espaço de tempo no centro comercial. Por semana são registrados, em média, cinco assaltos em estabelecimentos comerciais na cidade.

A Polícia Militar fez um levantamento dos locais de maior incidência desses tipos de crimes e selecionou 17 pontos onde serão instalados os equipamentos de alta resolução. Alguns locais vão receber mais de uma câmera com capacidade de cobertura de até 300 metros cada. Todas as imagens captadas pelas câmeras, segundo Maycon Costa, serão transmitidas através de fibra óptica, que possui uma capacidade de transmissão maior e com uma qualidade melhor. “As imagens vão ficar à disposição da polícia por um período de 30 dias, tempo suficiente para se buscar informações no caso de uma ocorrência de roubo, por exemplo”, pontuou Costa.

O projeto contará, a princípio, com 41 câmeras de alta resolução, 11 quilômetros de fibra óptica e uma central de monitoramento que deverá ser instalada no quartel da Polícia Militar, no Bairro Belmonte.

O custo total de todo o sistema foi orçado em R$849.560,00 e deverá ser custeado pela iniciativa público-privada. Segundo o vereador Guilherme Nasser, para que o Executivo possa destinar algum recurso para a implantação do sistema, terá que ser via Conselho de Segurança Pública (Consep). Como o Consep da região do Bairro Cruzeiro Celeste, que é o único da cidade, e não está totalmente ativo, ele passará por reestruturação. “Serão criados outros dois, para atender os três setores implantados na cidade pela Polícia Militar”, disse capitão Conrado, que sugeriu ainda que o projeto seja iniciado o mais breve possível e depois ampliado.

O “Monlevade Viva”, inicialmente, será implantado nas Avenidas Getúlio Vargas e Wilson Alvarenga e em alguns pontos considerados como rotas de fugas de criminosos. O sistema terá condições de ser ampliado futuramente para outras regiões da cidade, como os bairros Loanda, Cruzeiro Celeste e Avenida Alberto Lima, no bairro Sion.

Outros órgãos como a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a Associação Comercial e Industrial de João Monlevade (Acimon) serão convidadas a participarem do projeto.

Guilherme Nasser disse que vai procurar o Ministério Público para que também possam contribuir com o projeto. “Vamos tentar marcar uma reunião com o Ministério Público para que nos ajudem a viabilizar a implantação do sistema de monitoramento. Com certeza eles tem um papel muito importante na área de segurança pública e podem nos ajudar muito.”, disse o parlamentar.

Segundo Nasser após a reunião esteve, juntamente com o Capitão Conrado, na CDL e na Acimon onde agendaram com os presidentes uma reunião para a próxima terça-feira (03), às 17h no quartel da Polícia Militar, onde será apresentado todo o sistema de vigilância eletrônica para a área comercial da cidade.

 Todos os comerciantes que participaram do encontro opinaram sobre o projeto e saíram otimistas, se comprometendo a buscarem novos parceiros para captação de recursos para a implantação do “Monlevade Viva”, que ainda não tem uma dada marcada para início.

No Response to "Comissão apresenta o projeto de monitoramento por câmeras “Monlevade Viva”"

Powered by Blogger