bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

BR-381: trecho entre BH e Monlevade é o mais perigoso em Minas Gerais

 Para quem pretende viajar neste fim de ano deve redobrar a atenção.


O trecho da chamada Rodovia da Morte entre Belo Horizonte e João Monlevade é o pior e mais perigoso dentro da malha mineira, mas precisa ser percorrido por quem vai viajar para o Vale do Aço e para os litorais capixaba (BR-262) e baiano (BRs-381 e 116).

De acordo com levantamento feito pela reportagem do Estado de Minas avaliando os trechos da BR e as informações do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do total de 2.216 quilômetros de vias que se somam à 381 e seguem a partir de lá para destinos como a Bahia e o Espírito Santo, como as BRs 101, 116, 262, 324, 367 e 418, 1.598 quilômetros (72%) estão em condições que inspiram cuidados por conta de intervenções para ampliação, reparos, curvas fortes e travessias urbanas perigosas.

A extensão considerada boa para rodar, que é de 310 quilômetros, praticamente se equivale aos trechos considerados críticos com alto índice de acidentes, que chegam a 308 quilômetros, cada uma representando 14% do total.

O grande movimento de veículos de transporte de cargas começa junto com a estrada, no Anel Rodoviário de BH, e é apontado pela PRF como um dos fatores mais preocupantes por a via ser de pistas simples, com poucas áreas de ultrapassagem e ter obras em quase toda extensão até Governador Valadares.


No início da estrada há tantos caminhões se espremendo entre carros e ônibus que os veículos de carga transformaram acostamentos em pistas de rodagem, não deixando espaços para carros enguiçados ou que precisam de reparos.


Os ferro-velhos com carcaças de aço retorcidas de veículos vítimas de acidentes são mais um alerta para motoristas nesse trecho montanhoso serpenteado por curvas fechadas.


 “A maior dificuldade para o motorista na BR-381 é a grande quantidade de curvas que precisam ser feitas até João Monlevade.

O melhor a se fazer é respeitar os limites de velocidade e de ultrapassagem da sinalização, planejar bem as ultrapassagens, que são a causa mais frequente de acidentes”, afirma o porta-voz da PRF em Minas, inspetor Aristides Júnior.


O trecho da chamada Rodovia da Morte entre Belo Horizonte e João Monlevade é o pior e mais perigoso dentro da malha mineira, mas precisa ser percorrido por quem vai viajar para o Vale do Aço e para os litorais capixaba (BR-262) e baiano 
Fonte: Jornal Estado de Minas 

No Response to "BR-381: trecho entre BH e Monlevade é o mais perigoso em Minas Gerais"

Powered by Blogger