bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

Sede do Sevor e criação de bombeiro civil são discutidos em reunião entre Câmara, Prefeitura e os voluntários


Buscando em conjunto uma nova sede para o Serviço Voluntário de Resgate (Sevor), ocorreu na manhã de hoje, dia 20, um encontro entre os voluntários, o prefeito Teófilo Torres (PSDB) e o presidente da Câmara de João Monlevade, Guilherme Nasser (PSDB). Representando o Sevor estavam o presidente da entidade, Humberto Guimarães Fernandes e o diretor, Hamilton Plabio Lopes. A reunião ainda foi acompanhada pelo assessor de Comunicação do Executivo, Clésio Gonçalves.

Nasser fez a abertura do encontro, destacando que a ausência de uma sede para o Sevor vem sendo destaque nas reuniões ordinárias do Legislativo. “Estamos aqui para somar esforços e buscar uma solução em conjunto. Nos bastidores, já vinha discutindo junto ao prefeito a questão de ceder o imóvel alugado para a vinda do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu), já que ainda há indefinição sobre esta questão”, pontuou.

Ainda segundo Guilherme, é intenção tanto da Câmara quanto da Prefeitura em reforçar a parceria com o Sevor. “O Samu viria somar a um serviço que vem sendo feita de forma tão competente e voluntária em nossa cidade. Não para substituir. Por isso queremos oferecer esta infraestrutura ao Sevor, reconhecendo sua importante para Monlevade e região”, declarou.

Teófilo Torres destacou em sua fala a real intenção da Prefeitura em fazer esta cessão do imóvel. “A casa é ampla e acredito que precisará de adaptações para atender plenamente vocês. Contudo, trabalhamos sim com a possibilidade de fazer esta cessão”, declarou.

Humberto Fernandes declarou conhecer o ambiente externo do imóvel e disse acreditar que o espaço como um todo atenderá sim ao Sevor. Como forma de reforçar a questão, ficou acertada entre os presentes uma visita ao imóvel, para avaliação por parte do Serviço Voluntário de Resgate e assim viabilizar esta parceria.

Criação de corpo bombeiro civil também é pauta do encontro 

A criação de um corpo de bombeiro civil em João Monlevade também foi debatida no encontro. Guilherme Nasser destacou a criação de um anteprojeto de lei de sua autoria, aprovado pela Câmara em 2010, que trata do assunto.

Conforme redação do projeto, a finalidade do Corpo de Bombeiros é auxiliar os órgãos competentes nos serviços de prevenção e combate aos incêndios, no salvamento de vidas e na proteção de bens, em caso de desastres e em outras atividades de Defesa Civil, com atuação no perímetro urbano. “Acredito que o ganho com o Corpo de Bombeiro Civil é muito grande, já que temos em nossa cidade pessoas capacitadas para esta questão, além de não gerar ônus ao nosso comércio”, declarou.

Guilherme Nasser recebeu apoio do médico Hamilton Plabio Lopes, que se prontificou a pesquisar mais sobre o assunto junto a uma unidade do tipo, que fica em Joiville (SC). “Este tipo de bombeiros é o mais adequado a nossa realidade. A corporação existente no sul do país tem mais de 100 anos de existência e é modelo nesta modalidade. Podemos buscar lá uma referência e adaptá-la para João Monlevade”, pontuou.

Humberto Fernandes colocou o Sevor à disposição para ajudar neste anteprojeto. “Em Monlevade temos quase 300 bombeiros civis capacitados e diplomados, sendo que dentro do Sevor temos cerca de 30 voluntários aptos a exercer esta função. Vamos somar esforços e fazer valer este anteprojeto”, disse. Outras parcerias, como treinamentos e capacitações em primeiros socorros também foram discutidas e serão planejadas em conjunto.

Guilherme Nasser destacou a importância do encontro. “Acredito no diálogo franco e em ações concretas para solucionar as questões. Dialogamos muito e temos o interesse comum de fazer o bem para nossa cidade. O Sevor é nosso parceiro de longa data e de grande importância, inclusive regional. Não nos furtaríamos da responsabilidade de oferecer esta infraestrutura a este serviço, voluntário e essencial. Parabenizo o prefeito por entender esta necessidade e coloco-me à disposição sempre, para ajudar no que for preciso”, declarou.

No Response to "Sede do Sevor e criação de bombeiro civil são discutidos em reunião entre Câmara, Prefeitura e os voluntários"

Powered by Blogger