bloqueador bloqueador bloqueio

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.

As notícias do Blog agora em nosso Site. Clique na imagem para acessar.
O Blog O Popular mudou para melhor. Confira todas as notícias de João Monlevade e região em nosso site www.opopularjm.com.br. Clique na imagem acima e confira.

Balanças nas rodovias de Minas estão paradas por falta de contrato

As 92 balanças de pesagem instaladas nas rodovias estaduais e federais de Minas Gerais estão desativadas por falta de renovação de contrato e por uma ação judicial trabalhista.

O problema abre passagem para o abuso do sobrepeso de caminhões e carretas, destruindo as estradas e gerando risco de acidentes para os motoristas.

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), as 75 balanças estaduais estão sem funcionamento devido ao fim do contrato com a empresa responsável pela operação dos equipamentos. Não foi informado desde quando os postos estão desligados.

O abandono das estruturas fica exemplificado como o caso da balança na MG-167, entre Três Pontas e Santana da Vargem, no Sul de Minas. A porta do posto foi arrombada e até a fiação do local foi furtada. A previsão é de que o DER volte a fiscalizar os caminhões até o fim de dezembro, com a conclusão de uma licitação para eleger uma nova empresa para o serviço.

Não foram informados o valor do contrato, o motivo da não renovação prévia e a média diária de veículos com excesso de peso nas balanças estaduais. Já as 17 unidades federais, controladas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), estão sem funcionamento desde julho deste ano.

O motivo é o cumprimento de sentença da 1ª Vara do Trabalho em Brasília (DF), que declarou ilegal a operação terceirizadas dos postos.

 Segundo o Dnit, não há previsão de retorno da operação dos equipamentos, mas o órgão estuda um novo modelo no controle, com as unidades passando a serem denominadas Posto Integrado Automatizado de Fiscalização (PIAF).

Dois editais foram lançados para contratar empresas que irão operar os equipamentos em Minas nesse modelo, sendo um para o equipamento na BR-251, em Grão Mongol (Norte), e outra para a BR-365, em Varjão de Minas (Noroeste).

Eles deverão entrar em funcionamento em setembro de 2016.

PROBLEMAS

 Para o especialista em trânsito e transporte Silvestre de Andrade Filho, a falta de funcionamento das balanças acarreta em dois graves problemas. “Com o excesso de peso, o pavimento se deteriora exponencialmente mais rápido, exigindo novos reparos. Além disso, os caminhões com sobrepeso também correm mais risco de provocar um acidente”. Silvestre ressalta que com as balanças sem operação, também há a deterioração da estrutura e equipamentos, além de eventuais casos de vandalismo.

  (Fonte: O Tempo)

No Response to "Balanças nas rodovias de Minas estão paradas por falta de contrato"

Powered by Blogger